Busca:

Fundos de Investimento para 2011


A busca pelos melhores investimentos financeiros em 2011 será algo bastante desafiador, uma vez que o mercado a nível mundial ainda está bastante tenso: já tivemos a grande recessão econômica em 2008 e a queda do euro que levou a uma crise na Europa.

dados-300x212

A Europa e os Estados Unidos não estão completamente restabelecidos de tudo o que aconteceu e temos agora inúmeras catástrofes ocorrendo no Japão.

Isso tudo e preocupante primeiro e mais importante pela perspectiva humanitária e em segundo lugar, do ponto de vista econômico, todas essas catástrofes possuem forte impacto.

O mercado de ações

Quem acompanha o que está acontecendo, preços das ações despencam e sobem de um jeito que está se tornando um tanto quanto imprevisível determinar se há grandes chances de ganhar ou perder em uma transação. Claro, isso não é aplicável a todas as ações, mas sim àquelas de empresas que estejam relacionadas com as áreas atingidas.

Caderneta de poupança

Observando os índices da poupança, pode-se dizer que o rendimento está melhor agora e se a taxa básica de juros mantiver-se no atual patamar ou até mesmo um maior, o rendimento deste ano será melhor que do último ano.

Entretanto, quanto mais a caderneta de poupança apresenta melhores resultados, há uma outra aplicação que também passa a ter melhor ganhos.

Certificado de Depósito Bancário

Se o seu capital atual não é maior que R$ 30.000,00 ou você precisar do mesmo em um período menor que um ano, então é melhor manter seu dinheiro em caderneta de poupança, caso contrário, um CDB pode ser uma boa opção. Aplicações cujo resgate for efetuado com mais de dois anos terão a menor tributação possível dentre os CDBs: 15% de IR, sobre os rendimentos somente, claro.

Títulos públicos

Tem várias vantagens nos investimentos em títulos públicos e garantem que a liquidez é alta. Se você possui um bom capital e pode aplicá-lo por um período mínimo de um ano, segundo especialistas a aplicação em títulos públicos será mais interessante até mesmo que a aplicação em CDBs.

Fundos de investimento

Como todos sabem, um fundo de investimento pode efetuar aplicações em diversos papeis e cada fundo define o seu perfil (maior percentual em renda fixa, em renda variável, em tesouro direto, etc.) de forma que fique mais fácil para o investidor escolher aonde aplicar seu capital.

Se você pretende investir em fundos que apliquem principalmente ou exclusivamente em renda fixa esteja certo de que o montante a ser aplicado importará muito, por dois principais motivos:

· Quanto maior o montante aplicado, melhores serão os rendimentos oferecidos pelos bancos;

· Quanto maior o montante aplicado, menores serão as taxas de administração.

No Banco do Brasil, por exemplo, de sua lista de fundos de investimento focados em renda fixa, os rendimentos começam a ficar mais interessantes a partir de R$ 90.000,00! Sim, há diversas opções, para R$ 50.000,00, R$ 30.000,00, etc. mas as taxas de administração e os juros oferecidos começavam a ser mais interessantes (para quem deseja aplicar em renda fixa!) a partir desse valor somente.

Post Relacionados

1 Comentário

RSS de comentários. TrackBack URI

  1. […] interessante opção de diversificação de investimentos. Aplicam os recursos principalmente em Títulos Públicos Federais indexados ao dólar que, além de acompanhar o comportamento da moeda, oscilam em função […]

    Pingback por Fundo de Investimento Cambial Santander — 15 de outubro de 2011 #

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil